Festa de Final de Ano Lectivo

17/07/2017

Os dias na AAJUDE são bons. Há boa disposição, alegria, sol e luz. 

E depois há os dias das Festas. E, propositadamente, Festa está escrito com letra maiúscula porque, nestes dias, há ainda mais alegria, ainda mais boa disposição, ainda mais sol e luz (mesmo que lá fora esteja escuro e sombrio). É um verdadeiro dia de FESTA. 

O último dia 15 de Julho foi mais um desses dias. 

Durante 7 meses e meio tudo foi preparado ao mais pequeno pormenor,  com o carinho e dedicação que os profissionais desta casa já nos habituaram. 

A escolha do tema, acabou por ser fácil - O CIRCO. Era um tema de que já se falava há algum tempo e que era passível de ser trabalhado pelos utentes, técnicos e professores. E, assim, se foi delineando a festa.

Surgiam, a cada dia, novas ideias, novos pormenores, novas surpresas.  

Desta vez, a festa começou logo à porta da AAJUDE. Aí estava um palhaço, em andas, a receber os convidados e a indicar o local onde tudo se iria desenrolar. 

O palco foi montado no exterior, tal e qual uma tenda de circo, e houve todas as atrações típicas da arte circence:

- houve a banda de música a marcar todos os momentos

- houve bonecos e bailarinas que ganharam vida 

- malabaristas

- espetáculo de bicicletas 

- mágicos e ilusionistas 

- vendedoras de pipocas 

- ninjas a partir placas de madeira (leia-se esferovite pintado com cor de madeira :) ) 

- houve música, cor, festa, animação e alegria

Da parte do público, houve também todas as reações habituais a um espetáculo de circo: gargalhadas, expectativa, palmas, surpresa.

No final da tarde, a conclusão foi unanime - esta foi a melhor festa de sempre. 

E a verdade é que esta foi a melhor festa de sempre não apenas pelo resultado, que foi brilhante, mas também pelo processo que exigiu o envolvimento todos, utentes, pais, monitores, professores, técnicos e direção.