OBJECTIVOS

De acordo com os estatutos, são objectivos da AAJUDE:

  1. Promover a integração do Cidadão com Deficiência Mental, no respeito pelos princípios de Normalização, Personalização, Individualização e Bem-estar.
  2. Promover o equilíbrio das famílias dos Cidadãos com Deficiência Mental e sensibilizar os pais e as famílias, motivando-os para a defesa dos direitos dos seus familiares deficientes e preparando-os para a assunção das responsabilidades que lhes cabem, numa perspectiva de condução de educação permanente na escola e na família;
  3. Sensibilizar e co-responsabilizar a Sociedade e o Estado, nas formas possíveis, para o papel que lhes cabe na resolução dos problemas dos Cidadãos com Deficiência Mental e suas respectivas famílias.
  4. Defender e promover os reais interesses e satisfação das necessidades dos Deficientes Mentais nas Instituições, no Trabalho, no Lar e na Sociedade.
  5. Manter e melhorar as estruturas de resposta em obediência aos princípios de humanização e normalização sem descurar a qualidade dos serviços que presta às pessoas com Deficiência Mental e, ainda, fomentar a criação de novas estruturas, delegações ou estabelecimentos, por forma a gradualmente satisfazer as necessidades existentes na área da sua actuação, promovendo e desenvolvendo meios não restritivos para o cidadão com deficiência mental.
  6. Promover e defender, até onde a sua competência e capacidade de intervenção lho permitir, a criação de legislação e a adequação da existente – nacional ou comunitária – no sentido de serem sempre reconhecidos e respeitados os direitos e os deveres do Cidadão com Deficiência Mental.
  7. Manter e desenvolver laços de estreita colaboração com todas as entidades nacionais ou estrangeiras, podendo filiar-se em Organismos Nacionais ou Internacionais desde que daí resultem benefícios para os seus objectivos.
  8. Defender e promover, junto dos Organismos ou Federações Nacionais ou Internacionais, de que seja filiada e no uso dos direitos que aí lhe sejam conferidos, a política, as atitudes e os meios mais aconselháveis e adequados para a proteção dos reais interesses dos Cidadãos com Deficiência Mental.
  9. Promover, a nível nacional e internacional, actividades culturais, formativas, recreativas, desportivas, de lazer e ocupação de tempos livres para o Cidadão com Deficiência Mental.

Temos ainda como objectivo colmatar, um pouco, a lacuna existente ao nível do apoio a jovens deficientes mentais. Efetivamente, o número de Instituições é reduzido e não consegue dar resposta a todas as necessidades existentes. Assim, a AAJUDE tenta, dentro das suas possibilidades, contribuir para aumentar o apoio aos jovens e adultos deficientes mentais.